terça-feira, 28 de junho de 2016

I'm so into you (...)

E agora? Olha o que você fez surgir dentro de mim.
Uma vontade louca de sair correndo te encontrar,que seja no meio da madrugada ou em pleno sol da manhã.

Não,nossos lábios nem se trocaram,eu ainda não conheço o seu sabor.

Da sua voz eu pouco escutei,mas já gostei..dos seus olhos eu mal olhei algumas vezes,mas já senti vontade de poder ver-los mais próximos de mim.

Estou tão na sua,me falta ar quando penso em te ter mais perto ( I'm so into you,baby..)

Você sabe. Sou de poucas palavras,então quando me ver apenas me abrace,quero sentir teu perfume na minha roupa.

Naquele dia em que nos conhecemos,me entristeci por não ter seu cheiro em minha regata preta quando voltei para casa,nada mais que lembranças em minha mente,oh..eu quero mais lembranças contigo.

Me diz quando verei te novamente,quero me aventurar rindo de sua companhia,enquanto você dirige a alta velocidade e eu sorrio..não precisa ser só nós dois. Leve seus amigos,eu trago os meus..o importante é que você estará ali,comigo.

Mande uma mensagem dizendo que ainda se lembra de mim,qualquer coisa. 

Cause I'm so into you..

E agora? sorria de novo para mim,diga novamente que gostou de me ver mais de perto. 


Se você remexesse devagarinhos em meus fios,eu sorriria docemente,se me puxasse para o seu colo,eu me aconchegaria em seus braços. 

E agora? o que eu faço com essa chama que você acendeu? 

Oh baby,look what you started (...) 

Um pouco menos de conversa,um pouco mais de toque em meu corpo.

Porque eu só lhe vi uma vez,mas estou tão na sua.

Me telefone,me procure. Me diga que logo nos veremos..

Você é aquele instante tatuado em minha mente,na qual deixou saudades,brisa leve de verão que encanta, mas logo some como a areia que escorrega entre nossos dedos,por mais que tentemos segura-la.

Talvez você goste de outra,e já tenha esquecido meu nome.

" aquela noite foi tão boa,pena que o tempo voa" (...) 

Mas já se passaram quase uma semana desde aquela noite,e eu ainda me lembro de seu nome..só suspiro esperando que os dias façam me pensar em outras coisas..pois de pessoas pelas quais me encantei,mas me esqueceram..a lista já está cheia.

Oh baby..mas se o tempo não curar isso,culparei minha amiga por me chamar naquele lugar onde você estava,culparei você por ter sido encantador..ou apenas eu mesma. Que ainda não aprendeu que atração recíproca,não se encontra tão facilmente,que gostar de gente que pouco conhece..é loucura.


segunda-feira, 27 de junho de 2016

Então eu sorri para a vida...❤️

Mas quanto mais a vida cobra da gente,mas ainda queremos levar tudo na brincadeira.

Porque no meio das tantas faculdades que eu deveria escolher,nas responsabilidades de não ser mais aquela mesma pessoa de 15 anos,nas reuniões familiares em que me perguntam o que eu quero da vida,quando apontam me o dedo dizendo que eu deveria tomar juízo...o que eu mais desejo é sair despreocupada numa noite de sexta feira..

Com a leveza na alma,e o coração preenchido de adrenalina,nas noitadas por aí em que a brisa gostosa do verão movimenta meus fios de cabelos,dentro de um carro com os amigos,aquela nossa música preferida tocando em som máximo.

Sem hora para voltar a casa,nosso único relógio é a lua cheia iluminando  o céu estrelado,e o sol da manhã aquecendo nossos corpos cansados depois de uma longa  madrugada.

Porque às vezes é necessário fugir um pouco,para depois respirar fundo..contar inúmeras vezes 1 2 3 e não desistir de nossas metas.

Seja lá adolescente ou um mero adulto na meia idade.

Não somos irresponsáveis..todo adulto também tem seus momentos em que suspira cansado,trabalho excessivo,contas a pagar..a saudade da juventude em que tudo parecia mais leve.

Nós só queremos..eu só quero..

Poder  gritar para meio mundo,que seja numa praia vazia as 2 da manhã de um sábado,depois rir descontroladamente de meus problemas como se eles não existissem,correr livremente pela areia sujando os pés,naquele ditado em que diz que nada mais importa do que apenas ser feliz.

Mas num dias desses as 3 da madrugada,olhei a passagem à fora da janela do carro,ri com meus amigos cantando loucamente e assustando as pessoas que passavam por nós,sentia a velocidade do veículo trazer arrepios a pele,fechei meus olhos e sorri..

Pois sim,senti que não importa o quão as coisas estejam pesando,as lágrimas derramadas e as inúmeras vezes em que repetimos "está tão difícil" a vida vale a pena sim..principalmente quando aprendemos a enxerga-lo como nos olhos que brilham de um adolescente apaixonado repleto de sonhos..mas isso não é questão de idade.
 
É questão de deixar que os pequenos,mas bons momentos preencham nosso coração para assim respirarmos fundo e dar risada mais vezes. 

Pois quando você sorri a vida,ela retribui. 

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Se molhe..

Hoje o dia amanheceu chovendo,enquanto eu passei a madrugada observando pela janela debaixo das cobertas..as gotas molharem o vidro de meu quarto,e o vento da tempestade balançar os cabides pendurados na  varanda.

A chuva pode ter significados e trazer lembranças aleatórias diferentes para cada ser desta terra.

Ainda me lembro do dia em que uma forte ventania,e nuvens cobriam  o céu num tom cinza,numa quinta-feria de abril..já era quase noite,e mesmo com todas as circunstâncias eu insisti em botar um short jeans,uma jaqueta preta,e com um guarda-chuva quase sendo arrastado pelo vento, e as botas todas encharcadas peguei um ônibus em direção à estação mais próxima..destino? ah. A casa da pessoa pela qual eu estava talvez..meio apaixonada?

O que os sentimentos não fazem com a gente..ah,como eu odeio me apaixonar por gente errada que não merece nada vindo de mim.

Milhões de desculpas,saída com os amigos e o  velho ditado "já está tarde" quando bem no fundo ele apenas me trocara por outra garota,quando eu faria tudo para te-lo por perto..

Eu queria me molhar,me encharcar. Fingir que toda aquela "água" que caia do céu,esconderia meus olhos cheios de lágrimas..voltei para casa com os cabelos molhados,e meu pequeno irmão perguntando o que havia acontecido. 

Eu queria lhe dizer que sua irmã mais velha gostava de brincar na chuva.  

" Mas não conte ao pai e a mãe. Eles vão ficar preocupados numa possível gripe,e me achar louca por querer me molhar na chuva quando todos estão acompanhados de guarda-chuvas ou andado de carro "

Caros pais..que só querem nos ver feliz. Tudo bem,sempre fiz pior do que me jogar na tempestade e pegar uma gripe. Eu costumo mergulhar fundo em pessoas incertas,e no final ser trocada e não valorizada..mas olha,eu estou bem. 

Assim como uma fraca gripe nunca matou ninguém com o uso de remédios..eu tenho meus remédios para decepções..não,não é droga,nem bebida. É um remédio que funciona melhor que tudo..o tempo.

Ele nos mostra que ninguém vem em nossa vida  sem motivo,ele nos mostra que sempre a algo a ser aprendido,e que sempre haverá alguém melhor..ele nos mostra que tudo,absolutamente tudo passa,não importa o quão dolorido seja.

Porque dolorido mesmo é não valorizar aquele cheirinho gostoso de café pela manhã,aquela amizade que lhe faz sorrir com uma boa conversa,aquele dia em que você se olhou no espelho e se achou linda,aquela festa na qual você voltou feliz depois de tanto dançar,aquela comida preferida que sua mãe fez para te agradar..

Porque felicidade está nos pequenos momentos e vem para quem sabe valorizar e agradecer o que tem.

Mas eai..quando você vê a chuva molhar as janelas de sua casa..o que vem na sua mente?

Se eu contasse um por um tudo o que a chuva me fez lembrar este texto jamais teria fim.

Mas a chuva é só mais um elemento que faz parte da vida,que assim como todo o resto..traz lembranças ruins e também boas.

Assim como tudo é..a maneira como você enxerga ao seu redor,também pode mudar sua vida.

Você pode reclamar de se atrasar ao trabalho ou molhar sua vestimenta quando chove. Mas outro pode agradecer por poder dormir escutando o som das gotas,ou brincar se molhando no meio das ruas..tudo é questionável,seus olhos moldam sua vida.

terça-feira, 7 de junho de 2016

Hoje.

Hoje ela não quer sair de casa,e se for sair é só para procurar aventura noturnas para preencher a vontade de ter você.

Hoje ela se perfumou e vestiu aquele vestido curto pensando nele. ( Pensou em cada botão sendo aberto por as mãos dele )

Na frente do espelho olhou se por cada detalhe,ao som de algum rap lento ela remexeu seu corpo na intenção de seduzir.

Se sentiu muito mais mulher do que sempre,ela aprendeu se amar,mas no fundo o que mais queria era alguém que pudesse notar seus desejos.

No tapete da sala deslizou suas próprias mãos na  coxas na falta de alguém tocando a,resolveu jogar se na noite e embriagar se numa tequila 40% pura para ser tão forte quanto suas intenções e sentimentos.

Chek Mate. Ser forte e independe era o que ela deixava transparecer..mas quem não sente falta de um beijo numa solitária noite de verão?

Seduzir um amado era a qualidade que ela gostaria de ter..na pista ela dança a todos os tipos de som,mas desvia de todos a quem tenta agarra-lá pela cintura. Porque para te-la é preciso ir com calma.

Um beijo lento,uma troca de olhares,um toque fraco..mas recheado de segundas intenções.

Ela gosta de mistura,de romance e sacanagem. De lento mas não tão demorado,de rosas brancas e um chocolate,um ciúmes ali sem nada que a prenda como uma gaiola.

Ela é ela,com todas suas qualidades e defeitos. Ela só quer um olhar seduzente que note seu sorriso mas seu corpo tembem.

Hoje,e todos os dias. Ela é assim..eu sou assim.