quarta-feira, 25 de junho de 2014

1 da manhã.

                                                    
Após um longo dia,eu apreciava o conforto de minha casa,mas o relógio indicava 1 da manhã,e eu pensava em você.
  A cama em nada havia mudado,da mesma maneira parecia grande demais.     
Naquele  espaço ali,desejei ele com seus braços sobre meus ombros,encostando os lábios próximos a meus ouvidos,preenchendo esse vazio da madrugada.
A insônia prosseguia,então resolvi ligar as luzes,buscar distração nos sofás da sala,ouvir alguma música.
Fones produziam repetidas vezes a frase " como eu te quero..",as almofadas espalhadas pelo chão me faziam enxerga-lo encostado nas minhas pernas ,contando algo que eu não saberia entender,afinal estaria com olhos focados no sorriso dele,iria beija-lo devagarinho....
O sono veio aos poucos,amanheci deitada no chão do quarto.
Levantei  para começar mais um dia feliz em poder ver ele,mesmo que seja de longe,e minhas fantasias não se tornassem parte do dia-dia tão cedo.



domingo, 22 de junho de 2014

Ao seu lado


O por-do-sol deixava o céu  rosado,as ondas traziam o som de tranquilidade,cenário maravilhoso.
Deitei em minha manta colorida,sentindo a brisa da tarde passar pelo meu corpo,então o rosto dele veio a minha mente.
Mas como seria poder ter ele agora?
me imaginei sendo rodeada pelos seus braços num ato de carinho e proteção,ou meu corpo acima do seu,com um daqueles beijos intensos,lentos e longos,
ouvi meu coração acelerar rápido com tais cenas.
Resolvi andar pelas redondezas da praia,mas a falta pela sua presença  deixava um gosto de desejo,e aquela mania continúa de querer criar histórias entre nós.
Dessa vez ele estaria caminhando ao meu lado e me fazendo rir com suas conversas espontâneas, um momento em que eu estaria se sentindo a garota mais sortuda por ter alguém assim para mim.
Deixei de lado minha imaginação, abrindo meus olhos de volta para a paisagem real,mas acreditando que um dia tudo isso poderia tornar se verdade.


quinta-feira, 19 de junho de 2014

Te desejando.



" Estar ao seu lado observando-o por perto,me fez sentir-se feliz e completa de uma forma que achava provável nunca sentir por ele. "

escrevia ela num  caderno,enquanto olhava discretamente em sua direção.
 Ele rabiscava desenhos,na cadeira ao lado.

" Sua cabeça próxima aos meus braços deixava me com um desejo enorme em acariciar cada fio do cabelo dele,aproximar-se,ouvir aquela voz ,sentir seu cheiro,lábios. 
Ver seu riso próximo a mim trazia algo como um calor por dentro do coração.
Posso dizer que seja uma queda,paixão,atração,ou nenhuma dessas situações.
Isso só poderei descobrir com o passar do tempo. "

Pensava ela,voltando para casa.



terça-feira, 10 de junho de 2014

Trem do segundo amor.

                                                 *leia ao som de - Calvin Harris - Summer

Sentado no vagão de um trem,fones de ouvido,paisagem de um céu limpo e azul pela janela.
Observava pessoas entrando e saindo em direção as estações,numa volta qualquer para casa.

" Então quando ela chegou,tudo se tornou um grande borrão. Seu olhar se encontra com o meu,sorriso bonito que me levou para outro mundo.
Era uma sensação estranha,ao mesmo tempo boa. Parecia ter já visto aquela bela mulher,seus lisos cabelos ruivos não me eram estranhos,pingente de anjo no pescoço..
sim! era ela,a qual talvez eu tenha desejado demais,alguém que nunca fui capaz de esquecer totalmente.
Olhava em minha direção mas nada dizia.
De repente tudo volta,se passa um " Flashback ",as vezes que sorri ao seu lado me vem a cabeça,nossas mãos entrelaçadas,seu colo,delicados braços que me aqueciam nos dias chuvosos..
Quando esta prestes a ir embora pela porta,não resisto em segui-lá chamando seu nome,Mel.

- Desculpe,mas deve estar me confundindo. Me chamo Nádia. "

- E foi assim que conheci sua mãe,confundindo ela com a primeira garota que amei em minha vida.

Contava o pai,a sua filha.