sábado, 29 de junho de 2013

sentindo / parte 5

Exibindo seus belos dentes e sua boca sedutora, ele olha em minha direção.

- Somos da mesma sala,e agora seremos vizinhos,certo?

Ele me pergunta.

- Eu achava que você nem me notava.

Com um meio sorriso eu digo. Foi a coisa certa a dizer mesmo?
Me senti como a solitária revoltada.

- Sempre notei a sua presença,e sempre tive vontade de lhe dizer ao menos "bom dia".

Sua frase me deixa um pouco vermelha.

- Mas agora terei essa chance todos os dias. Ah! e hoje a noite vai ter um luau naquela  praia perto daqui,se quiser ir.

Ele me entrega um bilhete azul.

- Agora tenho de terminar de carregar as caixas,espero que possa ir.

E de repente eu percebo as grandes chance que a vida parece me oferecer para se aproximar dele,e resolvo ir.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

7 da noite em ponto, e eu já estou pronta.
Usando meu vestido branco com detalhes dourados, alguns acessórios e uma sandália.
Anciosa  imaginando ele vestido de branco,eu saio de casa.
Mas alguns passos a frente,encontro ele acompanhado.
Com quem?. Ah,a deusa dos cabelos ruivos.
Um pouco decepcionada,chego a conclusão de que tudo oque eu imaginava não
passavam de ilusões bobas,sua intenção não era nada mais que ser um bom amigo.
Será que vou suportar ver ele com a sua suposta paixão a noite toda?









sábado, 8 de junho de 2013

sentindo / parte 4

" Em um dia de chuva, estávamos enrolados  em um cobertor,assistindo algum filme. Seus braços me mantiam quente,e os seus ombros me faziam sentir confortavel.."

Amassei o papel e joguei fora. Esses textos so me servem de migalhas,para tentar satisfazer meu desejo de te-lo.

Acordei em uma manhã de sábado,lembrando de todos os detalhes do momento em que dancei com ele.
Cada passo,cada toque,cada olhar ficou gravado em minha mente como uma tatuagem.
Abri as cortinas do meu quarto,imaginando como seria acordar com ele ao meu lado.
Talvez começaríamos o dia com um daqueles doces beijos de "bom dia" acompanhado de um belo café da manhã.
Mas tentei excluir todas essas idéias,afinal  são coisas que passam longe de acontecer.

Troquei meus pijamas por um simples vestido branco e alguma sapatilha.
Preciso sair e relaxar,e "arrumar meus pensamentos".
Sei que tudo não passa de um amor platônico bobo,e que estou disperdiçando minha vida admirando alguém fora do meu alcance,mas não é tão fácil deixar de lado assim,quando eu quero.
Peguei qualquer bolsa e meus queridos fones de ouvido,tranquei a porta,e sai caminhando.
Encontro várias pessoas carregando caixas,e malas.
Uma mudança?
ando mais alguns passos e avisto um garoto alto,de cabelos castanhos,olhos claros,muito parecido com ele,se aproximando de mim com bolsas e caixas de papel.
Parece que vamos ser vizinhos a partir de agora.



quarta-feira, 5 de junho de 2013

sentindo / parte 3

" A chuva  continuou,e você não voltou para mim. Corri loucamente te procurando,e quando achei..me arrependi.
Ele estava dançando entre as gotas de agua com a deusa dos cabelos ruivos. Ele envolvia ela em seus  braços,com movimentos rápidos e bonitos.."

Sim,ela  é  bela a ponto de ser apelidada de deusa. E estamos em uma aula de valsa,preparando se para a nossa formatura que se aproxima.
Eles dançam juntos,com passos perfeitos.
Eu observo atentamente a cena,com uma vontade imensa de estar no lugar dela.

E de uma hora para outra,escuto a professora me pedindo para dançar com ele,e aprender.
Ah?,devo estar sonhando..claro..concerteza..sim...sim..Tenho que acordar.
Não!,esta acontecendo mesmo.

" A chuva para,e ele larga ela. Ele me puxa levemente,e nossos corpos ficam colados. Sinto suas mãos quentes em meu quadril,me direcionando no ritmo da musica,seus olhos focam em meu rosto.."

Nesse momento me senti como se estivesse em outro lugar,e nem a professora,e todas as pessoas tivessem ali,apenas eu e ele.

Mas por quanto tempo vou continuar assim me alimentando de pequenas  ilusões e fantasias fora da realidade?
Talvez seja hora de parar para pensar se tudo isso vale mesmo a pena.



domingo, 2 de junho de 2013

Sentindo / Parte 2

" Nosso passeio entre flores continuou. E apesar de meus dedos estarem doendo,eu prefiria suportar a dor do que soltar sua mão. Passamos por belas montanhas,e lugares lindos.
Mas a minha paisagen preferida  é você. Sua expressão despreocupada me tranquiliza,e me sinto protegida com a sua companhia. "

" Mas de repente,uma chuva forte começa a cair. E você se afasta,e vai embora.."

Sim,eu estou imaginando toda essa fantasia em uma sala de aula. E essa tempestade se iniciou quando uma garota de cabelos ruivos se sentou ao seu lado. A "preferida" dele,que todos dizem ser a   única garota que conquistou ele,que encantou ele.Pelo menos eles não são nada a mais que melhores amigos.

A aula acaba,e eu vejo os dois indo embora juntos. E eu inicio meu caminho de volta para casa,mas com um pensamento que me incomoda constantemente: "sera que futuramente vou pode estar ao seu lado daquela maneira?"