quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Tentando me conquistar?/Parte 2

-Trying to get me? / part 2


Ciúmes  não.Apenas acho que aquela garota não combina com ele.

 Impossível não notar ela,Por isso qualquer  outro homem olharia para ela também.
 
Ela voltou bêbada ou..finjindo estar. Acompanhada de um homem com roupas de marcas,e acessórios de ouro,ou seja: rico.  Vingança?

Peguei essas roupas de marca emprestada do meu pai,com a  permissão da minha  mãe,e pedi ao meu amigo que fizesse esse papel de ator,mas parece que foi tudo trabalho perdido,
ele parecia estar olhando mais para o meu amigo,do que para mim.

-Você deveria parar com suas tentivas de chamar a atenção desse homem.

- Não vejo motivos para isso.

- Esse motivo esta aqui,no seu apartamento. Eu sempre olhei para ti,e conheço cada detalhe das suas qualidades,mas você nunca reconheceu os meus sentimentos.

- Não sei porque.Mas sou seduzida por homens que parecem não sentirem nada,mas bem no fundo,guardam muitas coisas.





 

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Tentando me conquistar? / parte 1

- Ela me quer?
- Ele me quer?

Saio de casa e ele esta conversando com a garota,minha vizinha.Volto novamente para meu quarto e coloco o vestido mais ousado e curto que tenho.Passo em sua frente o mais lento possível.
Ele me notou?

Ela passou.Demonstrando toda a sua beleza e sensualidade,mas com um olhar furioso.
Ciúmes?








domingo, 27 de janeiro de 2013

Recomeçando

Estou a fim de Começar tudo de novo.
Esse ano quero mais paz,mais tranquilidade e sem expectativas exageradas.
Não espero mudar completamente e nem encontrar o amor da minha vida.
Dessa vez meu objetivo é  simplesmente fazer coisas que me deixam feliz,e ignorar tudo que me faz mal.
Viver da minha maneira e deixar que opiniões corram sem eu perceber.
Bem vindo 2013!
/apesar que ja se passaram 27 dias risos/

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Como um vício

Já é meia-noite,e  não consigo dormir.
Meus pensamentos me consomem,e me pego pensando em ti toda hora.
Passo  a noite sem dormir,pois se fecho os olhos,nossas memórias insistem em aparecer.
Você    é como meu vício,tento te apagar,mas parece impossível.
A cada vez que pisco,sinto que você aparece.
Estou assim por causa de você,mas não consigo te odiar.
mais um copo de café,mais uma tentativa de dormir.Mas,continuo a lembrar de ti.
Já é quase dia,e ainda estou aqui.
De repente,te vejo na janela,trazendo todas as suas malas e com lágrimas em seu rosto.
imediatamente,saio correndo em sua direção para te abraçar fortemente e dizer;
        -Não vá embora,Eu te amo!