quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

De madrugada.



*leia ao som de: Ne-Yo  - Because of you


Na fria madrugada acordei com vontade de sentir o sabor dos seus lábios colado ao meu.
Abri a janela e a lua iluminava o céu junto as estrelas.
Imaginei você nessa noite,me tirando o fôlego com um só toque.
O vento gelado movimentou meus cabelos, me fazendo esquecer o calor de seus braços. Então voltei ao
sono desejando que você invadisse meus sonhos,de preferência o mais profundo e real.



quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

A chuva e ele..

Dia nublado e tempo chuvoso,ele chegou assim,com cabelos encharcados de água,camiseta molhada colada ao corpo e um jeans desbotado.
Apenas um garoto que tomou chuva,mas algo bonito aos meus olhos.
O barulho ao redor parecia sumir,meus ouvidos se concentravam em ouvir sua doce voz e as gotas que escorriam pelo seu peito.
Bastava ele chegar mais perto,para me causar algo forte e inexplicável.....'
Abri meus olhos e o dia permanecia chuvoso,mas você não estava presente ali.
Tudo não passava de memórias e saudades que restou de ti,que agora deve estar sorrindo com outro alguém.
Não vivo de passado e nem coleciono mágoas,mas minha maior certeza é de que nossos dias juntos estaram sempre gravados em meu coração.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Missing you.

Impossível é olhar pelas ruas onde passamos e não lembrar de você.
Nossas mensagens continuam lá,me torturando e dizendo que nada mais será como era antes.
Sinto um vazio aqui dentro toda vez que ouço seu nome,mas não entendo porque 
é tão difícil deixá-lo ir embora da minha vida.
Afinal,não importa o quanto eu te queira aqui do meu lado,eu sei que você nunca vai sentir o mesmo.
As horas,os dias,os meses vão se passar
e no meio de tantos sorrisos e momentos novos,a dor vai sumir.
Mas por enquanto eu continuo aqui,missing you.



*Leia ao som de: 2NE1 - Missing you

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Sorria.

Como qualquer garota já viveu,ela estava em um daqueles dias ruins e nublados.
O espelho parecia rir de si própria,o cabelo não colaborava,a maquiagem não ajudava.
Faltava coragem para enfrentar o mundo lá fora e a mesma rotina cansativa.
Ver pessoas que já a magoaram,tudo parecia doer hoje.
Lágrimas escorreram,e ela desejava correr,para chorar na compania de uma música que entendesse seus sentimentos.
Mas não,decidiu que não ficaria triste,enxugou seu rosto e sorriu.
Sorriu porque existem amigos,existe festa,existe chocolate,existe uma vida inteira pela frente.


sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Uma boa lembrança.

Era um fim de tarde no parque.
O outono se aproximava trazendo um suave vento com clima nem quente muito menos frio.
Deitei na grama para sentir o pôr-do-sol em minha pele.
Pensava nos trabalhos de escola acumulados,ou um programa legal para o final de semana,e por uma fração de segundos lembrei de você.
Meu primeiro beijo,seu dedos tocando cada parte do meu corpo,e aquele seu perfume inesquecível que me fazia querer estar em seus braços.
Lembrei o tanto de chocolates e filmes engraçados que precisei para  te superar.
O tanto de lágrimas que derramei até aceitar o fato de você desejar mais ela,e não mais a  mim.
Mas estou aprendendo que existem outras histórias,novas pessoas,e muitos motivos para sorrir.
Pois daqui a pouco você séra mais uma lembrança boa guardada nas páginas de minha vida.
Não guarde magóas,nem rancor,e nunca se esconda por medo de se machucar novamente.
Apenas siga para o capítulo seguinte como eu,que espero anciosamente a próxima aventura que me aguarda.




quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Um beijo.

" Vestido dourado,salto alto,ela dança loucamente me conquistando com cada movimento."

"Bebida na mão,e olhar sedutor. Porque ele me observa tanto assim? "

" Andando lentamente ela se aproxima. Boca vermelha sensual,olhos castanhos misteriosos. "

" Ele parece desejar algo de mim. "

" Pedindo uma dose de  álcool,ela consome em alguns segundos deixando marca de batom no copo. "

  - Mais um por favor.

Diz ela.

  - Estresse da semana?

  - Afogando minhas mágoas.

  - Estou a disposição se quiser desabafar.

  - Mesmo lema de sempre: homens são todos iguais. Sempre brincam com meus sentimentos,e parece que pensar que alguém pode ser diferente é perca de tempo.

  - Nem todos são assim.

  - Você diz isso,mas é só mais um na lista desse tipo.

  - Talvez porque resistir a esses lábios seja difícil.

" Chegando bem perto,ela faz com que eu sinta seus lábios. Beijo lento do tipo que uma vez não é o suficiente.
Ao abrir meus olhos,ela havia sumido entre a multidão,me tirando a chance 
de mostrar que eu poderia ser diferente.
Mas eu lhe entendo,depois de tantas 
decepções é difícil acreditar em histórias  
felizes. "





sábado, 14 de setembro de 2013

1 ano de muitas aventuras.

Em  9/9/2013 o blog completou 1 ano <3
Quero agradecer as leitoras,os blogs,e a todos que me apoiaram,realmente obrigada.
Foram 12 meses muitos especiais que eu compartilhei meus sentimentos,minha vida,desabafei e me diverti aqui.
O blog ainda e pequeno,mas cada comentário,novo seguidor,e visualização significou uma grande conquista para mim.
E eu espero que o blog cresça cada vez mais e vocês continuem a acompanhar <3
  


  

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Vem aqui.

Oque eu faço com essa vontade de te beijar,de te tocar,de te sentir?
Ela cresce a cada vez que te vejo.
Aos poucos perco o controle,meu corpo parece querer ir até você.
Minhas noites não são as mesmas,as cenas que eu crio da gente me tiram a vontade de dormir.
E você parece não perceber,me ilude com palavras e diz que me quer, mas nada faz para estarmos juntos.
Todos os dias tenho de lutar comigo mesma,contra meus desejos.
E vou levando desse jeito,quem sabe eu conheça um outro alguém?
Mas infelizmente  nesse momento o que eu mais quero  é você.




quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Fácilmente.

Então lá vem ele,andando assim,boné de lado,e aquele seu sorriso.
Nossos olhares se cruzam e minha vontade é de chegar mais perto.
As horas passam,e enquanto você conversa com seus amigos eu continuo desejando estar a sós contigo,e poder te ter só para mim.
Mas talvez você não me queira tanto assim,e talvez eu seja a única a esperar uma mensagem sua todos os dias.
Não te peço nada,nem te culpo de nada.
Afinal,errada fui eu,de ter se entregado tão facilmente a você.


terça-feira, 13 de agosto de 2013

Noite estrelada.

Em uma noite estrelada de verão,eu estava deitada na areia mascia de uma praia,enquanto as ondas iam e vinham.
As estrelas estavam belas 
e a lua refletia seu brilho sobre o mar.
Mas naquele momento tudo oque estava presente na minha mente era você.
Seu olhar,seu perfume,seu sorriso,seus largos ombros e o seu jeito de ser.
Desejava profundamente que ele estivesse ali,bem do meu lado,me protegendo em seus braços,e talvez acariciando meus cabelos.
Olhando por todos os lados eu esperava encontra-lo.
Mas a realidade me trouxe de volta,pois provavelmente você estaria se divertindo com outras garotas.
E só eu,sozinha,estaria gastando meu tempo lembrando de ti.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Esperando.

Porque estou aqui  novamente escutando uma daquelas músicas românticas pensando em você?
Ele me deixa confusa e sem fôlego ao mesmo tempo. 
Em um dia desses me recebe com um sorriso,mas depois se afasta me bloqueando como se utilizasse um escudo.
Uma palavra,uma frase,ou qualquer argumento seu,deixa o meu dia mais belo.
Assim como tudo se torna mais triste quando não recebo nada de ti.
Todos diriam que isso que eu sinto se chama paixão,mas minha única certeza,é que já é tarde.
Pois já caí na sua,e não sei mais ficar sem esperar algo de você.






quarta-feira, 31 de julho de 2013

Sentindo / parte 7

  - Ela tem um namorado.

  - Eu quero saber oque você sente.

  - Em que vai usar essa resposta?

os fogos de artificio começaram a brilhar no céu interrompendo o nosso diálogo. 
Ver o seu sorriso de admiração me deixou completa  de uma forma que eu nunca havia sentido antes. 
Mas aquela curiosidade me incomodou pelo resto da noite.
---------------------------
O dia clareou e a luz do sol inundou o meu quarto. Acordei com a minha mãe dizendo algo.

  - Filha,arruma as suas malas,vamos viajar.

  - Para onde?

  - Seu pai foi promovido!

Tentei demonstrar felicidade,mas a primeira coisa que surgiu em minha cabeça foi ele.
Imaginei se eu deveria demonstrar tudo oque eu sinto.
Mas.. Séra que meus sentimentos são reais?




domingo, 28 de julho de 2013

Amando.

E eu estou aprendendo a amar a vida.
Sem rancor,sem mágoas,mas apenas leveza no coração.
Levo os dias tristes como algo normal que vai passar,como a chuva que para e o arco-íris que chega.
Insisto em dizer a mim mesma que recuso a infelicidade. Mantenho em minha mente coisas boas,e tento aproveitar desde os pequenos prazeres, até os grandes.
Uma boa xícara de café,aquela comida preferida,ou um dia quente acompanhado de uma praia.
E assim sigo,e acho que todos deveriam seguir também.
Pois nunca é tarde para aprender a amar a vida.




terça-feira, 9 de julho de 2013

Coração bobo.

Hoje descobri meu incrível talento de criar expectativas por causa de um olhar qualquer,uma conversa qualquer,qualquer coisa.
Desenhei cenas românticas entre nós em minha cabeça,e imaginei eu e você em uma bela história de amor.
Ele viria me buscar em seu cavalo branco e eu esperaria com um vestido de princesa e um sapato de cristal.
Mas não foi um final feliz.
Você não queria nada comigo,e eu estava construindo castelos para morarmos sozinha.
Fui obrigada a destruir tudo,e procurar um outro lugar onde pudesse derramar lágrimas de decepção,e arrependimento.
Você foi embora com outra princesa,mais bonita que eu.
Eu terminei assim,sozinha tentando te apagar.
Ei garotas,não cometam o mesmo erro que o meu.


sexta-feira, 5 de julho de 2013

sentindo / parte 6

Eu estava decidida a voltar para casa,e aproveitar minha noite de sábado sozinha, mas ele me viu.
Olhou para mim,com uma certa expressão de espanto.
Será que estou tão sem graça assim perto da deusa de cabelos ruvios que veste um belo vestido creme?

  - Esta maravilhosa.

  Diz ele exibindo seu meio-sorriso.
 
  - Obrigada..

A deusa me cumprimentou de forma simpática,e por mais estranho que pareça,sinto que ela poderia se tornar uma boa amiga.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Caminhamos lentamente com uma daquelas conversas de conhecer mais o outro.
Ele parece ter um grande interesse nas estrelas,e ela em moda,pretende ser uma estilista.
Somos interrompidos por um celular rosa que vibra.

  - Ocorreu um inprevisto,vou ter que ir embora... aproveitem a noite por mim!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A praia está bem cheia, e a música toca em volume alto.
Ele me chama para um lugar mais vazio, com o objetivo de observar as estrelas.

  - Achei que gostasse de agitação.

  - Nem tanto, minha amiga ruiva que me puxa junto risos.

  - Vocês parecem serem  bem próximos.

  - Ela foi uma das únicas garotas que veio ate mim com intenção de fazer amizade realmente,  é
uma ótima amiga.

  ficamos um tempo em silêncio. Mas eu não resisto em perguntar.

  - Você  é apaixonado por ela ?


sábado, 29 de junho de 2013

sentindo / parte 5

Exibindo seus belos dentes e sua boca sedutora, ele olha em minha direção.

- Somos da mesma sala,e agora seremos vizinhos,certo?

Ele me pergunta.

- Eu achava que você nem me notava.

Com um meio sorriso eu digo. Foi a coisa certa a dizer mesmo?
Me senti como a solitária revoltada.

- Sempre notei a sua presença,e sempre tive vontade de lhe dizer ao menos "bom dia".

Sua frase me deixa um pouco vermelha.

- Mas agora terei essa chance todos os dias. Ah! e hoje a noite vai ter um luau naquela  praia perto daqui,se quiser ir.

Ele me entrega um bilhete azul.

- Agora tenho de terminar de carregar as caixas,espero que possa ir.

E de repente eu percebo as grandes chance que a vida parece me oferecer para se aproximar dele,e resolvo ir.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

7 da noite em ponto, e eu já estou pronta.
Usando meu vestido branco com detalhes dourados, alguns acessórios e uma sandália.
Anciosa  imaginando ele vestido de branco,eu saio de casa.
Mas alguns passos a frente,encontro ele acompanhado.
Com quem?. Ah,a deusa dos cabelos ruivos.
Um pouco decepcionada,chego a conclusão de que tudo oque eu imaginava não
passavam de ilusões bobas,sua intenção não era nada mais que ser um bom amigo.
Será que vou suportar ver ele com a sua suposta paixão a noite toda?









sábado, 8 de junho de 2013

sentindo / parte 4

" Em um dia de chuva, estávamos enrolados  em um cobertor,assistindo algum filme. Seus braços me mantiam quente,e os seus ombros me faziam sentir confortavel.."

Amassei o papel e joguei fora. Esses textos so me servem de migalhas,para tentar satisfazer meu desejo de te-lo.

Acordei em uma manhã de sábado,lembrando de todos os detalhes do momento em que dancei com ele.
Cada passo,cada toque,cada olhar ficou gravado em minha mente como uma tatuagem.
Abri as cortinas do meu quarto,imaginando como seria acordar com ele ao meu lado.
Talvez começaríamos o dia com um daqueles doces beijos de "bom dia" acompanhado de um belo café da manhã.
Mas tentei excluir todas essas idéias,afinal  são coisas que passam longe de acontecer.

Troquei meus pijamas por um simples vestido branco e alguma sapatilha.
Preciso sair e relaxar,e "arrumar meus pensamentos".
Sei que tudo não passa de um amor platônico bobo,e que estou disperdiçando minha vida admirando alguém fora do meu alcance,mas não é tão fácil deixar de lado assim,quando eu quero.
Peguei qualquer bolsa e meus queridos fones de ouvido,tranquei a porta,e sai caminhando.
Encontro várias pessoas carregando caixas,e malas.
Uma mudança?
ando mais alguns passos e avisto um garoto alto,de cabelos castanhos,olhos claros,muito parecido com ele,se aproximando de mim com bolsas e caixas de papel.
Parece que vamos ser vizinhos a partir de agora.



quarta-feira, 5 de junho de 2013

sentindo / parte 3

" A chuva  continuou,e você não voltou para mim. Corri loucamente te procurando,e quando achei..me arrependi.
Ele estava dançando entre as gotas de agua com a deusa dos cabelos ruivos. Ele envolvia ela em seus  braços,com movimentos rápidos e bonitos.."

Sim,ela  é  bela a ponto de ser apelidada de deusa. E estamos em uma aula de valsa,preparando se para a nossa formatura que se aproxima.
Eles dançam juntos,com passos perfeitos.
Eu observo atentamente a cena,com uma vontade imensa de estar no lugar dela.

E de uma hora para outra,escuto a professora me pedindo para dançar com ele,e aprender.
Ah?,devo estar sonhando..claro..concerteza..sim...sim..Tenho que acordar.
Não!,esta acontecendo mesmo.

" A chuva para,e ele larga ela. Ele me puxa levemente,e nossos corpos ficam colados. Sinto suas mãos quentes em meu quadril,me direcionando no ritmo da musica,seus olhos focam em meu rosto.."

Nesse momento me senti como se estivesse em outro lugar,e nem a professora,e todas as pessoas tivessem ali,apenas eu e ele.

Mas por quanto tempo vou continuar assim me alimentando de pequenas  ilusões e fantasias fora da realidade?
Talvez seja hora de parar para pensar se tudo isso vale mesmo a pena.



domingo, 2 de junho de 2013

Sentindo / Parte 2

" Nosso passeio entre flores continuou. E apesar de meus dedos estarem doendo,eu prefiria suportar a dor do que soltar sua mão. Passamos por belas montanhas,e lugares lindos.
Mas a minha paisagen preferida  é você. Sua expressão despreocupada me tranquiliza,e me sinto protegida com a sua companhia. "

" Mas de repente,uma chuva forte começa a cair. E você se afasta,e vai embora.."

Sim,eu estou imaginando toda essa fantasia em uma sala de aula. E essa tempestade se iniciou quando uma garota de cabelos ruivos se sentou ao seu lado. A "preferida" dele,que todos dizem ser a   única garota que conquistou ele,que encantou ele.Pelo menos eles não são nada a mais que melhores amigos.

A aula acaba,e eu vejo os dois indo embora juntos. E eu inicio meu caminho de volta para casa,mas com um pensamento que me incomoda constantemente: "sera que futuramente vou pode estar ao seu lado daquela maneira?"

 


sexta-feira, 31 de maio de 2013

Sentindo / Parte 1

" Entre rosas brancas e um céu ensolarado,caminhávamos com as mãos dadas,como um casal apaixonado. "

Ela escrevia em seu bloco de papel,sentada em um grande gramado.

" Eu poderia descrever todos os detalhes do seu corpo,ou compor uma música sobre o seu sorriso,mas isso não mudaria a distância entre nós.
Estamos perto fisicamente,mas você vive em um mundo muito longe do meu.
Cartas de amor anônimas seriam inúteis,pois minha vida não é um filme romântico.
Uma confissão em sua frente?,não aconteceria nada demais,além de eu virar piada na boca de certas pessoas. "

Pensava ela, enquanto caminhava em direção a sala de aula.

" Não sei exatamente oque eu sinto. Só sei que seu olhar me hipnotiza,e muitas vezes sinto um grande desejo de ter você só para mim. "

Ela sentou em sua mesa.

" E lá está ele. Séra que hoje vou ganhar um daqueles olhares sedutores dele,em minha direção? "



sexta-feira, 17 de maio de 2013

A noite.

A música tocava no último volume,e as garotas com seus deslumbrantes vestidos e os garotos com seus charmosos ternos
dançavam ao som de uma banda.
Eu estava ali,sentada naquela mesa decorada com detalhes brancos,enquanto minhas amigas tentavam encontrar o par perfeito. Eu
Vestia um "vermelho básico" e uma sandália dourada.
Não tinha muitas expectativas para essa noite,mas vim pela insistência de meus colegas de classe. Meus verdadeiros planos eram assistir um bom filme na companhia de um chocolate quente.
Resolvi ir embora,não tinha mais motivos para ficar nessa festa,peguei minhas coisas e comecei a andar em direção a saída.

- Não quer dançar comigo?

Perguntou um rapaz que usava uma máscara destacando seus olhos cor de mel. Balancei a cabeça negando o convite,mas ele me puxou pelo braço,e após alguns segundos já estávamos no meio da multidão.
Seus passos eram envolventes,e eu sentia meu corpo esquentar toda vez que a distância entre nossos rostos diminuía.
Talvez aquela fosse a noite em que tudo começaria a mudar,e eu tive certeza disso quando ele olhou profundamente em meus olhos.


sexta-feira, 10 de maio de 2013

Voando

Naquela classe,sentada na última mesa,oque o professor dizia não passavam de palavras sem sentido.
Ela estava em outro lugar bem distante daquele quadrado fechado,com carteiras e pessoas falando.
Enchia suas folhas brancas com letras de música que permaneciam em sua mente o dia todo.

" Fechei os meus olhos e imaginei uma praia: os coqueiros faziam sombra,a areia era mascia e branca,e o mar se movimentava devagar,trazendo o som suave das ondas para os meus ouvidos. Me sentei para sentir o calor do sol em minhas pernas. Olhei para o lado e vi ele.
Com aquele peitoral bem definido,seus cabelos escuros estavam molhados,e seus olhos azuis me faziam querer chegar cada vez mais perto dele.
Sem motivos ele se aproximava de mim,mexia em meus cabelos e em meu rosto.
Eu estava preste a sentir seus lábios,quando fui interrompida pela voz do professor que fazia perguntas de que eu não fazia idéia da resposta.
O sinal tocou,peguei minhas coisas e desci as escadas o mais rápido possível,e um pouco mais feliz por ter tido uma Ótima aula"


segunda-feira, 22 de abril de 2013

Em outro lugar.

Então construí o meu próprio mundo.
Porque no mundo real o princípe foge com a princesa errada,e a coroa de cristal é exclusiva aos ricos.
Aqui faço minha história e escolho os personagens que quero.
A entrada é só para aqueles que amo,e trancada para o resto da sociedade.
Um lugar onde todos os meus sonhos se tornam realidade,e o segredo é usar a
imaginação.
Onde posso viver as mais lindas aventuras da vida,e as mais belas cenas de amor.
Mas a chave para esse paraíso está guardada em algum canto que não sei onde é.
Pois,se pudéssemos escolher o rumo de nossa histórias,seria fácil demais,sem nenhuma adrenalina e aprendizados.




sábado, 13 de abril de 2013

Presa a você.

Você me faz perder o controle. Um calor se espalha pelo meu corpo inteiro com apenas um toque seu.
Quase perco o fôlego quando sinto seus lábios se aproximarem dos meus.
Mas hoje não,você não vai me usar como um passatempo seu.
Pensava ela,segurando seu celular que vibra com as mensagens dele:

- Onde está?

- Estou te esperando,naquele mesmo lugar,o nosso lugar.

Hoje vou ser fria. Usa-lo,e depois larga-lo como faz comigo todas as vezes.
Planejava ela,respondendo as mensagens:

- Estou indo.

- Amor..

Ela desceu do Táxi,vendo ele se aproximar,com aqueles mesmos cabelos castanhos de sempre,olhos cinzas,um sorriso sensual e hipnotizante,sua camisa larga combinava com a Calça preta.

- Venha comigo,quero te mostrar uma coisa.

Ele me puxa e entrelaça seus dedos
entre os meus.

- Para você.

Diz ele,enquanto me entrega um buquê de rosas.

- São lindas!

Digo eu,sem conseguir conter a felicidade,ao receber o presente.

- Não acha que mereço algo em troca?

Diz ele,sorrindo e me puxando para mais perto.

- Oque deseja?

Digo eu,como se ele pudesse fazer de mim oque quiser.

Ele entrelaça os seus dedos nas minhas mãos e se inclina para me beijar.
Sinto um calor delicioso,se espalhar,e sinto vontade de nunca mais sair de perto dele,e ficar entre os seus largos braços o dia todo.

- Vamos subir para o meu quarto.

Sussurra ele em meus ouvidos,com um tom de malícia,mas sei que vamos apenas conversar,não sou louca a ponto,de deixar acontecer mais do que deve.

Me sento no sofá branco,me sentindo confortável,e ele traz chocolates quentes.

- Me lembro da primeira vez que te vi.
Naquela época eu queria conquistar "todas",mas nunca conseguia conquistar você,você era diferente.

Ele senta ao meu lado,colocando seus braços em minha volta.

- Preciso ir embora.

Na verdade nem tinha necessidade,mas eu sei que devia,queria ser fria,como ele
fez muitas vezes comigo,indo embora e me deixando sozinha.

- Sei oque está pensando. Não vou mais ser assim,prometo estar ao seu lado,não tente se vingar de mim,preciso de você aqui.

- Estou falando sério,me solte.

- Eu também não estou brincando.

Tentei me levantar,mas ele me impediu,me puxando de volta.

- Não me deixe aqui,só você me faz tão bem assim.

- Mentira,há muitas garotas te querendo,elas podem te satisfazer também.

- Você é insubistítuivel.

Não consegui resistir.
Não importa quanto eu tentasse te deixar,eu acabava voltando para você,sentindo falta daquela sensação de carinho e segurança que só você me traz.




sexta-feira, 12 de abril de 2013

Um pouco de desabafo.

Não me julgue tanto assim.
Eu tenho sentimentos, inseguranças e certas mágoas,que as vezes tenho vontade de compartilhar em voz alta,mas prefiro ficar calada,afinal ninguem entenderia.
Pode me chamar de dramatica,depressiva,ou chata,mas tente me respeitar,pois todo mundo tem aqueles dias ruins,e problemas pequenos que acabam por estragar tudo.
Eu apenas preciso desabafar em algum lugar,preciso daqueles abraços bem apertados,preciso de muitos doces,e muitas risadas para lembrar que a vida  é curta e precisamos deixar coisas ruins de lado,para aproveitar mais.
Um dia,você vai me compreender.


segunda-feira, 8 de abril de 2013

Vontade de viver.

Quero viver muito,aproveitar tudo.
Acordar todas as manhas de bom humor,e abrir as cortinas para sentir aquele sol da primavera.
Escutar minhas músicas preferidas e degustar cada segundo que se passa.
Encher o coração de alegrias para que não sobre espaço para tristezas.
Ler aquele livro e viajar na imaginação.
Encontrar o cara certo,que me encha de abraços e rosas vermelhas.
Quero realizar meus sonhos,viajar
pelo mundo inteiro.
Sorrir muito ao lado das pessoas que adoro.
Valorizar a vida,e ser feliz por ter nascido.




sábado, 6 de abril de 2013

Você.

Me despedi das minhas amigas de outra sala o mais devagar possível,pois eu sabia que ao subir as escadas,e abrir aquela porta encontraria você naquela sala,conversando com todas as garotas,menos comigo,como se queresse me magoar mais do que eu já estava.
Tudo bem,você conversa com os garotos também,mas continuo pensando dessa
forma. Provavelmente para você não foi nada,mas eu me sentia muito alegre quando me
mandava menssagens,e a gente tinhas aquelas conversas bobas.
Odeio quando por acaso nossos olhares se cruzam e eu insisto naquela teoria de
- "Acho que ele sente minha falta".
As vezes me imagino se apaixonando por alguém,ou indo embora para tirar de uma vez por todas você da minha vida.
Mas até hoje isso não aconteceu,e continuo sentindo saudade,mesmo tentando bloquear tudo e seguir em frente.




sexta-feira, 8 de março de 2013

Tentando me conquistar? / Parte 7

- Me deixe entrar então.

Ele foi para o seu quarto,e eu para o meu.
Mas não consegui dormir,pensando que ele estava bem perto de mim,estavamos separados por apenas um parede.


Fiquei olhando pelo buraco da porta para ver se conseguia ve-la.
Oque sera que ela está pensando?
pensando em mim,ou naquele homem que ela trouxe aqui da ultima vez?

- Acorde!

- Ainda é 8:00 da manhã.E hoje é..domingo!

- Por isso mesmo!,vamos para algum lugar!

- Álias..como entrou em meu quarto?

- Achei a chave na cozinha.

- Porque continua a me perseguir?,tanto fez que ate morando comigo está.

- Preciso te conquistar.

-Porque?,eu fui a primeira mulher a te reijeitar e a te odiar?

- Talvez isso..não sei,só sei que eu quero.

- Eu não sou um brinquedo,tenho sentimentos!,e não quero entrar para a sua lista de mulheres consquistadas.

- Você não é um brinquedo qualquer,nem uma mulher qualquer.

- Você deveria parar de usar assim as mulheres,pelo jeito você não entende que isso magoa muito.

- Como sabe?

- Pense se estivesse no lugar delas.Como se sentiria?


Todos querem viver sem compromisso as vezes,aproveitar o máximo a juventude.
Mas ao ponto de magoar pessoas já é infantilidade.
Odeio homens assim,infantils,egoistas,e só querem "pegar,usar e largar".
E ele é assim,porque?











terça-feira, 5 de março de 2013

Esqueci de te esquecer.

Ela pensava que ele era diferente,mas se enganou.
Se envolveu muito,enquanto oque ele desejava era apenas amizade,ou talvez ate menos que isso.
Sentada no banco do ônibus,voltando para casa,ela lembrava das pequenas coisas que fizeram dos dias normais,os mais especiais.
Aquela menssagem boba da tarde,aquelas conversas,até o papel de bala que ele deu,ela guardou.
Colocando o seu fone de ouvido,e dando o "play"
na música,que ela costumava dizer para suas amigas que um dia iria mostrar para ele e chamar de "nossa música"
O ônibus para,olhando para a janela,ela reconhece o parque,sim. Onde eles haviam conversado pela primeira vez,em um passeio da escola.
A viagem segue,a música acaba,e uma menssagem de um contato anônimo chega:
"Garota,menina,princesa.Enxugue essas lágrimas,e guarde essas lembranças em uma caixa trancada.Novas pessoas irão aparecer,aproveitei mais a vida."

Quase chegando em sua casa,ela abre a janela,e joga fora todos os papeis,e exclui todas as menssagens.

-Amiga,vamos sair hoje?,preciso me divertir,e recuperar todo esse tempo que perdi.



terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

O único.

Desde pequena aprendi que o amor é uma coisa complicada,e que muitas vezes não dura.
Vivi a vida nesse dilema,até conhecer você: minha única exceção.
O único que me fez sorrir de verdade,e olhar o mundo com outros olhos.
Você me levou para um novo caminho,e agora estou a ponto de acreditar,que podemos viver o "eternamente".

Inspirado em: "The only exeption" de Paramore






Tentando me conquistar? / Final

- Você não merece essa chance

Eu não quero repetir aquele processo de me apegar e depois sofrer as consequencias.

Ele pega as minhas mãos.

- Não vou te decepcionar.

- No final eu sei que vai.

- Pare de tentar ser fria.

- Essa frieza já me protejeu de muitas coisas.

Eu solto suas mãos,voltando para o quarto, e sem querer,sinto aquela vontade de sentir seu calor novamente.

Horas depois,já a noite,acordo de um sono profundo,e lá estava ele...beijando a vizinha?

- Eu sabia!

Na verdade nem me surpreendi.Sabia que ele era desse tipo.

- Ela me beijou a força!

- Odeio mentiras.

- Achei que estava dormindo (vizinha)

- Não se preocupe,fiquem a vontade,vou para a casa do meu amigo.

- Vou atrás dela.

- Táxi!

- Espere!,eu estava falando a verdade!

- Não importa!

Chegando lá,eu vejo um bilhete em sua porta:

- "Talvez algum dia você poderia voltar aqui,então resolvi deixar um recado.
Gosto muito de você,e não aguentaria ver você com outro cara,principalmente com aquele.( você sabe ).
Decidi por isso me mudar e começar uma vida nova.
Se mudar de ídeia,ou quiser conversar comigo,deixei o endereço aqui.
Abraços"

- Meu porto seguro se foi. Acho que estou sozinha agora (..)

- Você não está!

Ele me puxou para perto me abraçando.
Eu estava tão carente e triste ao mesmo tempo,que não resisti em ficar aos seus braços.

- Vou te consolar quando precisar. Vou estar ao seu lado,acredite.

- Não aproveite meu momento de fraqueza para fazer promessas

- Eu nunca insisto tanto em pessoas que não valem a pena.

- Você me têm como se eu fosse um troféu.

- O mais precioso,que eu vou cuidar todos os dias.

Agora não tinha mais jeito.Eu caí de verdade em suas promessas.
Não sei se seremos "felizes para sempre"
Ou "eu juro não te deixar".
Mais ele me conquistou,me deixa feliz e provou para mim que nem todos os homens são iguais.





sábado, 23 de fevereiro de 2013

Tentando me conquistar? / Parte 8

- Também existem mulheres assim.

- Nem todas. E eu não sou dessa maneira.

- Mas me dê ao menos uma chance,de te ter.

- Você nem sabe oque sente direito,e nós nem nos conhecemos tanto.

- Podemos saber mais um sobre o outro.

- Não,obrigada.

Ela não se arrisca,tem uma insegurança,e medo de se machucar,e magoar.

Ele é insistente demais. Dono de uma auto estima exagerada e egoísta.


Fui ao mercado para "abastecer o estoque" de casa,e quando voltei,encontrei rosas vermelhas e uma caixa de chocolate,do tipo caro.

- Atrasado de "Valentines Day". Mas ainda vale.

- Agradeço. Mas não pense que me conquistou.

Percebi a felicidade estampada no rosto dela,apesar de tentar esconder.
Ela é daquele tipo de mulher que sonha com cenas românticas,e com o cara que vai tirar o casaco e dar para ela em dias frios.Mas cansou de tanto se iludir e ninguém assim aparecer.

Na verdade fiquei muito feliz mesmo,só prefiro não demonstrar,é perigoso ele pensar que já me enganou.

- Se me deixar te conhecer mais,prometo provar que sou diferente de outros caras.






sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Tentando me conquistar? / Parte 6

Meus pais vão viajar por 1 semana,então eu não pude ir.E agora estou na casa do meu amigo,que apesar de tudo me acolheu com aquele carinho.

- Veja bem a sua situação!Aquele homem fez ate com que você saisse de casa.

- A decisão foi minha, não dele.

- Mas ele está te influenciando.

- Talvez um pouco.

- Fique aqui,vou fazer você esquece-lo

-Obrigada por tudo,mas não posso.

Sai imediatamente. Não queria magoa-lo,nem um pouco mesmo.Gosto muito dele,mas nada mais que uma amizade especial.

Como eu imaginava,ele estava lá,sentado,como se estivesse esperando a minha chegada,para começar
com os seus joguinhos de conquista.

- Voltou mais rápido do que eu pensei.

- Não foi por você. Então,saia daqui,e deixe eu seguir com a minha vida.

- Me mudei para cá,você não tem mais o direito de me expulsar.

- Pois então vá para a sua casa.

- Tenho que morar com você até a "vizinha" terminar a mudança.

- Você não pode simplesmente invadir meu apartamento!,espere na sua antiga casa.

- Já vendi. E eu sei,que o seu apartamento é o único com quarto hospede vazio e separado.

- Vou conversar com ela!

- Tempo perdido,já conbinei tudo com ela

Para começar,eu nem sei porque ele quer se mudar para cá,so sei que fiquei sem opções.











segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Tentando me conquistar? / Parte 5


Nem a conhecia direito,mas eu estava disposto a fazer com que ela olhasse mais para mim de alguma forma.

Não há nada,eu não sinto nada.Isso  é  apenas um jogo de conquista.

Eu andava "de um lado para o outro" feito um cara louco,dentro do meu quarto.
Oque fazer?,oque estou sentindo?

Ele não gosta de mim,quer apenas me conquistar por causa da minha aparencia.
Vou embora,vou me mudar dessa cidade,antes que eu me machuque de novo como da outra vez.
Homens são todos iguais.

Acordei  de malas prontas,e decidida a voltar daqui a algum tempo. Até lá ele me esquece.
Vou viajar para a casa dos meus pais,pessoas que realmente merecem o meu amor.
Sai e ele estava em pe,como se estivesse me esperando.
Mas eu duvido.
Fiz questão de passar em sua frente,com minhas malas,ignorando-o

- Onde pensa que esta indo?

- Indo embora.

- Eu vou junto.

- Pare de brincar comigo.

Ele me segurou,como se estivesse implorando para ficar.Empurrei-o para trás,seguindo em frente.
Sei que ele não vai me impedir,pois dentro de si não há nada mais que a sua vontade de me ter,e depois que  conquistar,"me jogar fora".

Não posso impedi-la.Pois não sei  se oque sinto por ela é real.

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Tentando me conquistar?/ Parte 4

OBS : -- : Mulher
- : Homen


- Ela disse homens bonitos?
Em momento nenhum eu disse que você é feia.

-- E em momento nenhum eu disse que a sua opinião é importante.

Parei Aqui. Ela se virou e foi embora como quem realmente não se importasse,mas isso é oque vamos ver.

Ser fria não era oque eu queria.Para ser sincera aquela frase me fez sentir mais
bonita.Mesmo assim preferi demonstrar que aquilo não significava nada.

: Subindo as escadas.. E lá encontro ele.
Na minha porta?

-- Creio que errou de porta.

- Você desafiou o cara errado.

-- Eu nunca te desafiei,só disse a verdade.

- Não vou sair daqui enquanto não me pedir desculpas.

-- Desculpa por dizer oque eu penso?

- Pedir Desculpa por ter trocado uma palavra de agradecimento por outra frase
de grosseria.

-- Fique em minha porta o quanto quiser.
O corpo humano não suporta ficar no frio por muito tempo.

Passou se 1 hora e ele continuava em pé,do mesmo jeito que chegou.
Eu já estava ficando exausta.
Eu olhava para ele,e ele retribuia com outro olhar.
Ficamos como dois bobos olhando um para o outro,como um casal jovem apaixonado.

Como ela,eu já não estava conseguindo resistir ao frio.
Nem para ouvir a palavra "desculpa"
Eu estava ali mais,talvez para poder admira- la de mais perto.

Ele tira sua jaqueta e coloca em meus ombros.

- Sei que está com muito frio.

-- E você também.

- Não pense que desisti,vou continuar.

-- Desculpa.. pronto.

- Não o suficiente.

-- Oque mais deseja de mim?!

- Algo a mais.

Ele entrelaça seus dedos em meus cabelos,e beija meu rosto com delicadeza.

Tenho que ir. Não posso fazer mais do que isso,não posso me envolver.





sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Tentando me conquistar?/Parte 3

OBS: -- : Mulher
- : Homem

Trying to get me? / Part 3

- Queda,paixão,amor a primeira vista ou atração?
Não sei oque sinto ainda. Só sei que eu estou aqui,como um tolo; esperando ela sair de seu apartamento.

-- De novo,ele está lá fora,e surgi dentro
da minha cabeça a ilusão de que ele está me esperando.
Meu amigo está aqui do meu lado tomando café da manhã,vou acompanha-lo ate a sua casa.

- Ela abriu a porta -- Ao seu lado o homem de ontem a noite.
Vou finjir não ve -los passando em minha frente. Não gosto de imaginar que ela esteve a noite inteira com outro homem.

-- Não me viu. Provavelmente veio visitar a garota minha vizinha.
Além de ter um homen desses em sua casa ainda gosta de deixa-lo esperando,garotas com pensamentos infantil.

-- Não vale a pena voltar para casa agora e ter que passar pela porta da vizinha.
Vou ir para o shopping e comprar chocolate de " Valentine's Day "
Para mim mesma,comer e ser feliz.

- Sera que devo comprar um chocolate e deixar em sua porta?
Não,não posso. Não sou o seu namorado e nem nada mais.

- Encontro ela saindo do shopping,com um caixa de chocolate
e uma expressão em seu rosto de quem está carente,entre tantos casais comprando seus presentes.
E sem querer,começo a acompanhar seus passos,e segui-la.

-- Quase chegando em casa,e passando por um parque,começo a ouvir passos como se alguem tivesse me seguindo.
Penso estar sonhando,mas os passos parecem ser bem reais.

- Ela olhou para trás com um olhar curioso deixando obvio que queria saber porque eu estava seguindo a.

- Pego o meu celular,agindo como ator eu ligo para a minha (falsa) namorada dizendo que estou a caminho para nosso jantar romantico para comemorar o dia dos namorados.

-- Não precisa demonstrar. Eu sei que você não está me seguindo,e nem teria motivos para isso,pois não tenho uma aparência tão boa a ponto de terem homens bonitos me seguindo.

-- continua --

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Tentando me conquistar?/Parte 2

-Trying to get me? / part 2


Ciúmes  não.Apenas acho que aquela garota não combina com ele.

 Impossível não notar ela,Por isso qualquer  outro homem olharia para ela também.
 
Ela voltou bêbada ou..finjindo estar. Acompanhada de um homem com roupas de marcas,e acessórios de ouro,ou seja: rico.  Vingança?

Peguei essas roupas de marca emprestada do meu pai,com a  permissão da minha  mãe,e pedi ao meu amigo que fizesse esse papel de ator,mas parece que foi tudo trabalho perdido,
ele parecia estar olhando mais para o meu amigo,do que para mim.

-Você deveria parar com suas tentivas de chamar a atenção desse homem.

- Não vejo motivos para isso.

- Esse motivo esta aqui,no seu apartamento. Eu sempre olhei para ti,e conheço cada detalhe das suas qualidades,mas você nunca reconheceu os meus sentimentos.

- Não sei porque.Mas sou seduzida por homens que parecem não sentirem nada,mas bem no fundo,guardam muitas coisas.





 

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Tentando me conquistar? / parte 1

- Ela me quer?
- Ele me quer?

Saio de casa e ele esta conversando com a garota,minha vizinha.Volto novamente para meu quarto e coloco o vestido mais ousado e curto que tenho.Passo em sua frente o mais lento possível.
Ele me notou?

Ela passou.Demonstrando toda a sua beleza e sensualidade,mas com um olhar furioso.
Ciúmes?








domingo, 27 de janeiro de 2013

Recomeçando

Estou a fim de Começar tudo de novo.
Esse ano quero mais paz,mais tranquilidade e sem expectativas exageradas.
Não espero mudar completamente e nem encontrar o amor da minha vida.
Dessa vez meu objetivo é  simplesmente fazer coisas que me deixam feliz,e ignorar tudo que me faz mal.
Viver da minha maneira e deixar que opiniões corram sem eu perceber.
Bem vindo 2013!
/apesar que ja se passaram 27 dias risos/

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Como um vício

Já é meia-noite,e  não consigo dormir.
Meus pensamentos me consomem,e me pego pensando em ti toda hora.
Passo  a noite sem dormir,pois se fecho os olhos,nossas memórias insistem em aparecer.
Você    é como meu vício,tento te apagar,mas parece impossível.
A cada vez que pisco,sinto que você aparece.
Estou assim por causa de você,mas não consigo te odiar.
mais um copo de café,mais uma tentativa de dormir.Mas,continuo a lembrar de ti.
Já é quase dia,e ainda estou aqui.
De repente,te vejo na janela,trazendo todas as suas malas e com lágrimas em seu rosto.
imediatamente,saio correndo em sua direção para te abraçar fortemente e dizer;
        -Não vá embora,Eu te amo!